Etiquetas

,

“Quando a perfeição, ou pelo menos aquela humanamente possível, é roubada, não por gosto, mas por desinteresse”, pensou a mulher a quem foi dado outro texto de mau português, “Deus nos ajude se, em vez de perfeccionistas, o mundo for recheado com gente que não se importa com os detalhes”. Respirou fundo e leu o documento. Depois um arrepio atravessou-a. Aquele texto foi enganado para as mãos dela. Levantou a cabeça da secretária e olhou em redor, para os colegas de trabalho. Ninguém lhe devolveu a atenção. Todavia, interrogou-se se estaria em perigo. Gente que não se importa com os detalhes ainda vão ser a morte dela.

Microconto inspirado pelo tema diário Pillage do website The Daily Post.

Anúncios